E sai um pensamento fresquinho...

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Castelos de areia

Há momentos da nossa vida em que os nossos pensamentos surgem na nossa mente tão velozes que se esvaem antes de os tornarmos claros e compreensíveis, antes de nos apercebermos das suas intenções. E por mais que os tentemos perseguir, por mais que corramos atrás, eles já se perderam no tempo, tão irremediavelmente como as boas recordações que se perderam no baú do esquecimento da nossa memória.

Hoje não queria escrever rebuscado, não queria escrever "bonito", não queria divagar em metáforas, eufemismos, ou quaisquer outras figuras de estilo.
Hoje queria ser simples, clara, concisa, objectiva, ir ao ponto da questão. Mas a minha mente perde-se em rebuscamentos e floreados para fugir ao medo que se esconde na nostalgia que hoje se me insinuou no espírito.

Por vezes tenho medo de prender demais as pessoas que amo!

Tenho medo de fazer com os que amo o mesmo que faço com os meus pensamentos, persegui-los demais e vê-los tornarem-se numa névoa do passado. Tenho medo de os segurar com demasiada força e senti-los esvaírem-se da minha vida qual punhado de areia que se escorre pelos dedos quando apertamos a mão.


Hoje deve ser lua-cheia, porque é nestes dias que me sinto assim, o seu oposto... vazia!

Hoje sinto-me inexistente e deveras nostálgica!

Hoje sinto-me perdidamente só... E ao mesmo tempo egoísta por me sentir assim!




Finalmente! E finalmente por dois aspectos. Primeiro porque finalmente coloco aqui algo novo! :p E segundo porque é a terceira vez que tento postar este texto e não estava a conseguir! :)

Bem, espero não me voltar a ausentar tanto tempo, mas visto ainda estar em época de exames, não posso prometer nada!

2 comentários:

Pedrinha disse...

Ju, senão são os floreados dos nossos pensamentos, estaríamos perdidos e em depressão!
Vazia nunca deverás estar porque tens os teus amigos ao lado! a distância de um click, sms, chamada, etc!

Um concelho!
Não percas os floreados que tens! é isso que gosto em ti :P

Beijinhos

Enfermeiro disse...

Olá Ju.

Conheci-te durante a universidade..mas não sabia que escrevias assim tão bem...

Tens um blog mt giro :)

(p.s) Sou o Magno...do estágio do centro de saude de matosinhos :P